Tricolor vacila no final e deixa triunfo escapar

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 15 de Fevereiro de 2020 18:02
Foto: Foto: Thiago Gadelha / SVM

O Tricolor viajou ao estado do Ceará em busca de retomar o caminho dos triunfos na Copa do Nordeste, e mesmo num primeiro tempo para se esquecer da equipe tricolor, o Bahia conseguiu terminar com um empate. Os gols na primeira etapa foram de Vinicius, para o Ceará, e Gilberto para o Esquadrão. No segundo tempo, o Bahia entrou com uma postura totalmente diferente, procurou sair para o jogo e dominar o meio de campo. Time melhorou e conseguiu a virada com outro gol do artilheiro Gilberto. Mas nos acréscimos, a defesa do Bahia se atrapalhou e Mateus Gonçalves empatou para o Vozão. Empate frustrante para o time e torcida Tricolor e empate heróico para o Ceará.

PRIMEIRO TEMPO

O jogo começa com os dois times se estudando. Ceará troca passes no meio-campo, enquanto Bahia presiona para retomar a bola. Sem grandes emoções até aqui. Aos 9 minutos, em contra-ataque perigoso, o Ceará quase abre o placar, mas de forma inacreditável Charles não balançou as redes. Por sorte do atacante, foi marcada posição irregular. 
Aos 16 minutos, depois de ajeitada de Rafael Sóbis, Vinicius abre o placar para o Ceará.É a "lei do ex" que entra em ação no Castelão, já que o atleta defendeu o Tricolor entre 2017 e 2018.
O Bahia não consegue se encontrar no jogo e segue tendo dificuldades para passar do meio de campo. Em 22 minutos de jogo, ainda não conseguiu assustar o goleiro adversário. 
Aos 26, cheio de confiança, Vinícius arrisca novo chute de fora da área, mas não acerta o alvo. Bola passa longe da meta defendida por Anderson. Só aos 27 minutos veio ocorrer o primeiro lance de perigo por parte do Esquadrão, em cobrança de escanteio a bola sobrou para Gregore que chutou fraco, nas mãos de Fernando Prass.
Mesmo com o time muito mal no jogo, aos 38, após dividida entre Clayson e William Oliveira, bola sobra com Gilberto, que invade a área e toca na saída de Fernando Prass para empatar a partida. 
Aos 44 minutos, em contra-ataque, Élber faz fila na defesa do Ceará e toca para Juninho Capixaba, que finaliza por cima de Fernando Prass. Goleiro faz toque providencial e evita a virada do Bahia.
Após desentendimentos entre os jogadores dos dois times, o árbitro encerra a primeira etapa.

SEGUNDO TEMPO

O Bahia começa a segunda etapa com outra postura, e logo no primeiro mimuto chega com perigo na meta de Fernando Prass. O Bahia é o senhor do ínicio da segunda etapa, o Ceará não consegue tomar a bola e aos 10 minutos, em jogada linda de João Pedro, o Bahia quase consegue a virada.
Como resposta, o Ceará no lance seguinte chegou com muito perigo em cruzamento na área, onde Lima não conseguiu completar para as redes, grande chance perdida pelo Vozão.
Aos 15, em bela jogada de Rafael Sóbis, o Ceará quase desempata a partida, zagueiro Juninho se joga na bola e salva o Esquadrão. Aos 18, em seu primeiro lance em campo, Artur Kaíke não fez um golaço graças a belíssima defesa de Fernando Prass. O jogo fica aberto e bem movimentado. Aos 26, depois de belo passe do contestado Clayson, Gilberto dribla o goleiro para marcar seu segundo gol no jogo e sacramentar a virada do Tricolor.
Aos 32, escanteio é cobrado na área do Bahia, Ronaldo desvia mal para trás mas Mateus Gonçalves, na pequena área, não consegue finalizar. Aos 38, Saldanha fez linda jogada e tocou para Artur Kaíke, que não ampliou o placar graças ao zagueiro que tirou a bola quase em cima da linha. 
Felipe Baixola recupera a bola no meio-campo e chuta da intermediária. Bola é desviada e passa muito perto da meta do Bahia. Que jogada aos 45 minutos. O árbitro deu cinco minutos de acréscimos. Nos minutos finais do jogo, o Ceará vai com tudo para o ataque, basicamente na força de vontade e consegue o empate com Mateus Gonçalves.
Fim de jogo.


FICHA TÉCNICA:
Ceará x Bahia - Copa do Nordeste (Grupo A - 4ª rodada)

Data: 15 de Fevereiro de 2020 (Sábado)
Horário: 16h00
Local: Arena Castelão
Árbitro: Zandick Gondim Alves Júnior (RN)
Auxiliares: Vinícius Melo de Lima e Luis Carlos França Costa (ambos do RN)

Ceará: Fernando Prass; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Eduardo Brock e Bruno Pacheco; William Oliveira, Charles e Lima (Rodrigão); Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves), Vinicius (Felipe Baixola) e Rafael Sóbis. Técnico: Enderson Moreira.

Bahia: Anderson; João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Flávio e Rossi (Arthur Kaíke); Clayson (Ronaldo), Élber e Gilberto (Saldanha). Técnico: Roger Machado.

Gol: Vinicius (CEA), Mateus Gonçalves (CEA), Gilberto (BAH), Gilberto (BAH)

Cartão Amarelo: Rossi (BAH)


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade