Buscar

Justiça concede liminar e João Gabriel pode rescindir contrato com o Vitória

Autor(a): Redação Galáticos Online em 05 de Maio de 2021 18:32
Foto: Pietro Carpi / EC Vitória

Cria das divisões de base do Vitória, o goleiro João Gabriel, de 29 anos, entrou na Justiça, em abril de 2021, contra o clube por dívidas trabalhistas adquiridas desde a sua renovação contratual, em 2018, sob a gestão do então presidente na época, Ricardo David. Enfim o arqueiro recebeu uma liminar favorável da Justiça do Trabalho para a rescisão do contrato com o Leão e vai ficar livre para assinar com qualquer outra equipe. O atleta alega que o Rubro-negro deve um valor total de R$ 887.918 mil (relembre aqui)

Após entrar com a ação contra o clube que o formou, o goleiro ainda emitiu um comunicado nas redes sociais para explicar os motivos que o levaram a tal ação drástica (clique e relembre). Segundo o atleta, foram 16 meses sem receber salários e afastamento dos relacionados sem motivos aparentes, o que acabou frustrando o jogador.

O ge.com entrou em contato com o diretor jurídico do Vitória, Manoel Machado, que disse ainda não ter tido acesso sobre a decisão e prefere não se manifestar por enquanto. Em contrapartida, o empresário do jogador, Gustavo Carmo, celebra a decisão mas diz que ainda há um outro processo referente ao pagamento dos débitos segue correndo na justiça. Ele afirma que o Vitória pode ser punido.

"Decisão justa por tudo que ele está passando. Infelizmente tivemos que tomar essa decisão de ir para a Justiça. É esperar a modulação na CBF e aí vida que segue. Acho que, infelizmente, o João teve que sair desse jeito do Vitória. Vai acabar sofrendo punição grande economicamente porque os valores podem aumentar. O João lamenta muito porque sabe que poderia ajudar o Vitória dentro de campo. Mas a vida vai continuar. Ele tem algumas propostas de clubes rivais do Vitória na Série B e também na Série A", falou e completou:

"Os pagamentos...Isso ainda vai ser discutido na Justiça. Foi uma primeira vitória em relação a liberação dele pela falta de pagamento".

Veja o que João Gabriel cita na ação sobre os débitos em relação ao Vitória:

 

  • Salários dos meses de junho e dezembro de 2019, no valor de R$ 48 mil;
  • 13º salário de 2019, no valor de R$ 27 mil;
  • Terço de férias de 2019 no valor de R$ 9 mil;
  • Parcela de imagem referente aos meses de outubro, novembro e dezembro de 2019, no valor de R$ 48 mil;
  • Salários dos meses de maio a dezembro de 2020, no valor de R$ 216 mil;
  • 13º de 2020, no valor de R$ 30 mil;
  • Terço de férias de 2020, no valor de R$ 10 mil;
  • Parcela de imagem referente a dezembro de 2020, no valor de R$ 18 mil;
  • Salários dos meses de janeiro, fevereiro e março de 2021 no valor total de R$ 90 mil;
  • Parcela de imagem referente a janeiro, fevereiro e março de 2021 no valor de R$ 60 mil;
  • Auxílio moradia referente a junho de 2019, dezembro de 2019, maio de 2020 a março de 2021 no valor de R$ 39 mil.

Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade