As intermináveis decepções estão afastando os rubro-negros do Barradão, de novo

por Tarso Duarte em 27 de Março de 2015 13:29

O período de um ano e três meses seguidos de vexames enfim estão atingindo a paixão do torcedor do Vitória.

Os rubro-negros já iniciaram a temporada comparecendo ao Barradão em menor número, após a queda no Brasileirão, mas ainda assim os sócios continuaram indo ao estádio, mesmo que para vaiar as atuações da equipe.
 
A falta de evolução, no entanto, está fazendo com que um período desagradável seja lembrado.
 
Antes do grupo liderado por Alexi Portela Júnior assumir, era comum os jogos no Barradão contarem com um público pífio. O antigo gestor do Leão parecia não se importar com a presença da torcida, e partidas com menos de 1000 pessoas nas arquibancadas do santuário rubro-negro era fato corriqueiro.
 
Mesmo com o time na 3ª divisão, Portela e dirigentes como Sinval Vieira e Jorginho Sampaio conseguiram devolver ao torcedor o orgulho de ser rubro-negro, que fizeram o clube ter boas médias de público nos últimos 9 (!) anos.
 
Bem, na partida desta quarta-feira (18), contra o Confiança, pela Copa do Nordeste, a torcida mostrou que enfim parece estar cansada, a ponto de desistir, e poucos deixaram o conforto o lar para assistir o jogo válido pela competição regional.
 
Muitos podem pensar que a falta de público na partida citada tenha sido pela escalação de jogadores reservas e ainda pelo fato do jogo não valer muita coisa, afinal o Leão já estava classificado.
 
Mas nada justifica ver as arquibancadas do Barradão tão vazias.
 
A atual administração não demonstra o desprezo que o gestor anterior, aquele que não vale nem a pena citar o nome, tinha.
 
Mas as ações, a falta de mudanças que transmitam uma confiança para um futuro melhor, enfim atingiu a auto-estima do torcedor rubro-negro.
 
A chegada de Claudinei Oliveira é mais uma dessas ações. Uma aposta, no momento em que a torcida esperava um nome experiente, de peso para tirar o time da crise instalada.
 
O que resta é torcer, sem grandes esperanças, da poltrona de casa, pelo rádio ou pela TV, por que ir ao Barradão não está valendo a pena.

Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade