Euller: lateral ou meia?

por Tarso Duarte (@tarsoduarte) em 24 de Agosto de 2015 12:39

No início deste ano escrevi um texto parabenizando a diretoria do Vitória por apostar em Euller e Mansur no início da temporada. Forte nas divisões de base, o clube deu moral a dois patrimônios rubro-negros, que infelizmente não corresponderam em campo.
 
A chance foi merecida, afinal os dois tiveram boas participações nas divisões de base, e se existe um torneio onde é possível fazer experiências é o Campeonato Baiano. Pois bem.
 
Nos seis primeiros meses, os dois se revezaram na tarefa de decepcionar, jogo após jogo, os torcedores que acompanharam o time que decepcionou no estadual e na Copa do Nordeste.
 
Mais utilizado e hostilizado, Mansur já deixou o clube, seguiu para o Atlético-MG e lá poderá enfim provar que pode deslanchar e se tornar um grande lateral, como alguns aqui mesmo na Bahia defendem.
 
Euller ficou como opção.
 
Quando os titulares Diogo e Diego Renan, contratados para solucionar os problemas nas alas, não puderem jogar, a responsabilidade de dar continuidade no setor fica a cargo do garoto, que ainda não convenceu com a camisa do Vitória, mas já conseguiu se destacar com a seleção brasileira, onde conquistou a medalha de bronze nos jogos Panamericanos.
 
Mas afinal, Euller é lateral ou meia esquerda?
 
Na base, o jogador jogava como meia, mas como é comum na fase de formação, era também utilizado na lateral, de acordo com as necessidades, e isso vem, se repetindo no profissional.
 
A qualidade de Euller, a velocidade, técnica e habilidade com a perna esquerda são indiscutíveis, mas como lateral ele deixa a desejar, e muito.
 
Vejam bem, a primeira responsabilidade de um lateral é marcar, defender, exatamente o que Euller não vem conseguindo fazer.
 
A jogada que originou o gol do Sampaio Corrêa, no último sábado (22), não foi surpresa. Nesta temporada a deficiência defensiva do atleta já havia sido evidenciada, quando em um BaVi no Barradão Euller não conseguiu vencer uma disputa de bola aérea com o baixinho Maxi Biancucchi.
 
A direção do Vitória já avisou que a aposta na lateral esquerda vai continuar sendo Euller. O clube busca um lateral, mas para o lado direito, onde Romário foi reprovado e dispensado.

Resta aos rubro-negros torcerem para que a jóia da base consiga melhorar o desempenho na defesa, ou então compense a deficiência apoiando o ataque com qualidade, como até já aconteceu neste ano, quando ele marcou um gol na Copa do Nordeste.

Em tempo

Se o jogador era ( ou é) meia, será que pode ter uma oportunidade na posição? A utilização no setor de armação é sequer analisada?

Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade