Série B à vista

por Edson Almeida* em 21 de Agosto de 2014 10:44

Causa profunda tristeza ter que aturar manchetes na rede social enaltecendo o fato de o Bahia haver subido uma casa, da vice-lanterna para o 18º lugar, mesmo havendo empatado com o fraco Criciúma, dentro de casa, sem gols. Aliás, com sorte, muita sorte, porque perdeu terreno nos dois tempos e só não saiu derrotado porque tem um bom goleiro, Marcelo Lomba, que não raras vezes tem garantido a barra tricolor. 

Estamos no mato sem cachorro: o Vitória é outro que, “poderia ter adiantado o seu lado”, mas perdeu em Curitiba e voltou para o baixo astral da zona dos condenados à segunda divisão, agora ganhando a vaga de vice-lanterna, ocupada até a rodada começar pelo seu irmão de infortúnio.
 
O prático, certo e lógico é reconhecer logo que nossos times são uma lástima e se não ganharem seis pontos nas três partidas que complementam o primeiro turno, podem preparar a beca da segunda divisão. Os dois estão no mesmo barco e não adianta se turvar a água para um e clareá-la para outro. Estão navegando no mesmo lamaçal de incompetência.
 
Vamos voltar aos velhos cálculos: com 15 pontos em 16 rodadas, três triunfos apenas, Bahia e Vitória fizeram apenas menos de um ponto por rodada, menos de 30% de aproveitamento. E como já só faltam 22 jogos para o campeonato termina e ambos terão que conquistar um mínimo de 30 pontos para ficar na expectativa de, com 45 pontos, não cair de divisão.
 
Como o Bahia está de técnico novo (Gilson Kleina) e só trabalhou em duas rodadas (dois empates) e o Vitória está mandando Jorginho embora, é coerente dar mais um prazo de três jogos a cada time, porque se não derem sinais de recuperação, não terá mesmo jeito, será inevitável o Ba-Vi na Série B.

*Edson Almeida é comentarista esportivo no Galáticos na Itapoan FM

Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade