Na esperança

por Edson Almeida* em 18 de Junho de 2014 11:50

Temos repetido muito, neste início de Copa, o substantivo abstrato “esperança”, sob a visão de que ainda confiamos numa melhora da Seleção para poder justificar o status do futebol brasileiro perante o mundo.

O time de hoje é muito raquítico em relação aos que trouxeram a taça, até mesmo ao de 78, quando voltamos invictos e terceiros colocados da Argentina e nem se compara ao de 82, quando perdemos na Espanha, mas jogávamos um futebol de primeira qualidade. Até hoje ainda tem gente que jura, de pés juntos e mão postas, que aquela frustração do Sarriá, quando Paolo Rossi fez miserê contra o time de Telê Santana, foi a maior injustiça de todas as Copas, superando até mesmo a surpresa de 50, quando perdemos em casa para o então modesto Uruguai.

Mas o nosso problema é o atual, e estamos enfrentando uma equação difícil de ser resolvida. Temos um grande time de mídia, exibimos um futebol duvidoso, sem a firmeza de que pode chegar sequer a uma final.

O jogo de estréia (3x1 contra a Croácia), até se compreendeu certos desencontros, mas o desta terça-feira (0x0 com o México), até é de se concordar com o goleiro deles, o Ochoa, fez duas ou três defesas de grande porte, mas taticamente tivemos muitos defeitos. Ou por outra: não acrescentamos nada na competição.

Com quatro Copas in loco, total de 12 com as assistidas pela TV, esta Seleção não passa confiança. Glamorosa na mídia, jogadores de altos salários, verdadeiras personalidades do mundo futebolístico, mas nenhum deles com o topete de assumir o comando do jogo, nem mesmo Neymar, que é a nossa maior expressão.

E se as coisas estão neste caminho, o único jeito é fortalecer o nosso maior reforço, que é a esperança. E não custa nada torcer por uma impressão mais alentadora no próximo jogo, segunda, 23, contra Camarões, lá em Brasília.


*Edson Almeida é comentarista esportivo do Galáticos na Itapoan FM

Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade