Confronto

por Edson Almeida* em 15 de Janeiro de 2015 07:28

Como se não bastasse a imperiosa necessidade de retomar o caminho da recuperação, o Vitória começa a pré-temporada em confronto com parte de sua torcida, que se sentiu impedida de presenciar um jogo-treino contra o Leônico na manhã de domingo.

É possível que tenha faltado habilidade, pois, mesmo sendo no CT – e não no Estádio Manoel Barradas, com condições ideais de abrigar a todos -, algum dirigente mais graduado deveria ter sido informado da impaciência da torcida e, quem sabe, encontrado um jeito de não apenas os que se encontravam com seus veículos, mas outros cinqüenta torcedores pudessem entrar e assistir ao treino, pelo lado de fora do alambrado.

Na verdade, foi anunciado desde a sexta-feira que o treinamento seria vedado ao público, mas os que lá foram não se conformaram e depredaram o patrimônio rubro-negro, com quebra de vidros da guarita, além de provocar uma preocupante situação, pois a TV registrou o fato e, agora, o Vitória já sabe que a torcida, ainda muito irritada com a degola do time, encontra-se com os nervos a flor da pele.

A boa intenção recomenda que este não seja o momento de se colocar mais combustível no início de incêndio que ocorreu na Toca, mas de conscientização da torcida de que é preciso, acima de tudo, uma grande colaboração para que o Vitória tenha uma vida mais saudável e tranqüila. .

Porque o lamentável episódio de domingo serve para mostrar que há um deliberado confronto entre os torcedores mais exaltados e os atuais dirigentes, diante da falta de triunfos e de conquistas.

*Edson Almeida é comentarista esportivo do Galáticos na Itapoan FM 

Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade