Jogo dos sete erros

por Jota Freitas em 14 de Maio de 2009 13:36

Muito feliz o técnico Paulo Cesar Carpeggiani, quando diz que a derrota para o Vasco da Gama por 4x0, foi resultado de erros individuais. E realmente foi; sendo que quatro erros foram cometidos por ele, dois de Luciano Almeida e um de Bida.

 

Carpeggiani errou quando decidiu mudar o esquema tático, voltando com Luciano Almeida na condição de falso lateral, falso zagueiro, e pior: falso jogador. Poderia ter mantido o mesmo esquema tático usado em Curitiba, no jogo contra o Atletico-PR, com Marco Aurelio, um verdadeiro zagueiro. Errou pela segunda vez ao mexer no time para colocar Ramon Menezes, que não está fisicamente condicionado para uma maratona de jogos como esses que o Vitoria está enfrentando. Errou novamente ao colocar Apodí, sem juízo, para flutuar como segundo atacante, jogador cujo ponto forte são as arrancadas, vindo de trás, pela lateral do campo. Completou os erros quando tirou Bida e não Ramon, para colocar Adriano. Adriano tinha que entrar no jogo, mas não em lugar de Bida.

 

Luciano Almeida errou ao dar um lindo passe para Carlos Alberto marcar o primeiro gol e depois completou sua participação histórica no jogo, botando a mão na bola, sendo expulso e o Vitória sofrendo o 4º gol. Por fim Bida, que ficou parado vendo a banda (diga-se o Vasco) fazer o segundo gol. Resultado final: Vitória dos erros de Carpegianni, Luciano Almeida e Bida.

Jota Freitas, é narrador da equipe esportiva dos Galáticos - Itapoan FM, 97,5.


Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade