Coitados de nós!

por Edson Almeida em 09 de Julho de 2014 12:18

Pobres de todos nós, que tivemos um 8 de julho que preferimos agora apagar de nossas memórias. Coitados de nossos jogadores que pensaram formar um time de boa qualidade. E de Felipão que pensou ter a receita certa para anular o melhor futebol da Alemanha.

Não vamos, agora, tentar encontrar culpados, porque na verdade nosso time já deveria ter saído nas fase de grupo contra Camarões, México e Chile ou nas oitavas diante da Colômbia. Esta é a nossa mais fraca Seleção de todos os tempos em uma Copa, mas como somos ufanistas, todos nós tentamos criar a ilusão de que poderíamos chegar à final.


Na verdade, deixamos o saldo de dois futurosos valores para as futuras competições: o indiscutível craque Neymar e o raçudo e líder David Luíz. Os demais, alguns jovens terão que melhorar e os mais velhos seguir suas vidas nos clubes onde jogam, pois é hora de reformulação.

É bom repetir que se fosse possível, seria bom deletar este 8 de julho de 2014 do calendário, porque somente assim deixaria de lembrar esta vergonha que foi a nossa Seleção Brasileira. Foi pior do que 1950, porque até hoje ainda há a sensação de infelicidade diante dos uruguaios. Mas esta derrota para os alemães, em fase semifinal, transformou-se numa mancha superior à de 50, que o tempo jamais poderá apagar.

Compreende-se o desfalque do nosso maior craque Neymar, lesioando, e do capitão Thiago Silva, suspenso. Mas os que entraram em seus lugares apenas foram coadjuvantes de uma inquestionável tragédia. Perder de 7x1 em semifinal de Copa, dentro de casa, foi o mesmo que levar sete facadas no peito.  

Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade