Enrascada

por Edson Almeida em 04 de Agosto de 2014 09:20

O Bahia vive o auge de seus problemas e o Vitória ainda não se viu livre das ameaças de do perigoso grupo dos possíveis degoláveis. Andaram fraquejando tanto que, agora, o Leão, que está em melhor situação vai ter que vencer jogos e ainda ficar torcendo contra os que estão mais abaixo para não ter que voltar a integrar o pelotão dos quatro piores. O Bahia não está sabendo como sair de uma triste enrascada de pífia campanha em 13 rodadas de campeonato.
 
Mesmo estando sem perder há três rodadas, com um empate e dois triunfos, o que é uma considerável reação, o time comandado por Jorginho saiu do Z-4, mas só alcançou, depois da rodada deste final de semana, um modesto 15º lugar, duas casas acima do perigo. O Bahia, que já acumula 10 jogos sem vencer, empatou com o Palmeiras, lá em São Paulo, que até poderia ser um bom resultado, mas não conseguiu sair da vice-lanterna do Brasileirão.  
 
A realidade está ficando clara: o Tricolor, que só tem 10 pontos, precisa ganhar praticamente 50 % dos 75 pontos que ainda restam (37) para chegar aos 47 e não cair de divisão. E pára um time que tem menos de 30% de aproveitamento em 39 pontos jogados, fica uma missão muito complicada.
   
O caso do Vitória, que tem quatro pontos a mais, ainda não é confortável, pois necessita, além dos 14 já conquistados, pelo menos de 33 pontos para se garantir com os mesmos 47 do arquirrival. Ocorre que, esses cálculos também estão sendo feitos pelo Flamengo, Figueirense e Coritiba, que vivem atualmente dramas semelhantes.  
 
Não há por onde se negar que o Vitória tenha evoluindo, já ganhando uma nova cara tática, com três resultados expressivos (0x0 Corinthians, 3x1 Criciúma e 2x1 Grêmio), enquanto o Bahia, no mesmo período, estacionou em seus próprios erros: empatou com o Atlético (1x1), perdeu para o Inter dentro de casa (1x0) e neste domingo, em jogo muito pobre, só empatou (1x1) com o fraco Palmeiras. O time de Jorginho já apresenta alguns jogadores em boa forma enquanto o que o interino Charles Fabian dirigiu neste domingo (porque só hoje é que se saberá de Gilson Kleina vem), vacila em todos os setores, estando muito longe de ganhar a confiança do seu torcedor.
 
A próxima rodada, como praticamente todas as cinco seguintes, será de grande importância, pois o Bahia não pode nem pensar em empate contra o Goiás, na Arena Fonte Nova, e o Vitória tem a carência de arrancar nem que seja um ponto de seu difícil jogo do Morumbi, contra o São Paulo.
 
Estamos, portanto, num verdadeiro labirinto, em que cada passo pode ser fatal para as intenções de tricolores e rubro-negros no campeonato.

Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade